Algas: O que os Proprietários de Piscinas precisam de saber

Publicado em 06 julho 2020

Categoria : Manter

Não há nada como olhar para a água azul cintilante da sua piscina. Mas por vezes depara-se com algo que não deveria lá estar: algas.

Esse é o primeiro indicador de que algo não está bem. Felizmente é fácil identificar e controlar os surtos de algas nas piscinas.

O que são algas?

A primeira coisa que deve saber é que existem dois tipos de algas: as algas negras e as algas flutuantes livres. Cada tipo apresenta características únicas e requer métodos de eliminação específicos.

  • Algas negras: Este tipo de algas cresce em áreas específicas da piscina, como as paredes e as zonas mais fundas da piscina. Se as encontrar à volta de obstáculos como as escadas, cantos e degraus da piscina, é provável que se deva a uma má circulação da água e a uma deficiente higienização da mesma.
  • Algas flutuantes livres: As algas mostarda e verdes inserem-se dentro deste grupo. As algas mostarda, de cor amarelada, agarram-se levemente às paredes da piscina e podem ser facilmente escovadas. Por outro lado, pode encontrar algas verdes espalhadas pela água da sua piscina. E, dependendo da gravidade da infestação, as algas vão alterar a cor da água da sua piscina em vários tons de verde.

A prevenção de algas é fundamental

É muito mais fácil prevenir o aparecimento de algas na sua piscina do que tentar erradicá-las depois de terem aparecido. E a melhor maneira de prevenir ambos os tipos de algas é usar um algicida de qualidade durante o tratamento regular e assegurar uma circulação da água adequada na sua piscina.

A sua piscina deve ser devidamente higienizada para evitar o aparecimento de algas. Mas por vezes, sem culpa sua, o tratamento falha. Por exemplo, durante um período de chuva mais intensa, os níveis de cloro ou bromo podem dissipar-se rapidamente. E se o equipamento falhar ou alguém cometer um erro, ao tratar a piscina com produtos químicos, isso pode resultar no aparecimento de algas. Este desequilíbrio da água proporciona o ambiente ideal para o crescimento de algas. E se não usar regularmente um algicida, esse crescimento pode ocorrer em apenas algumas horas. Usando um algicida, este atuará como um inibidor do crescimento das algas até que consiga reequilibrar os níveis da água.

O que fazer quando encontra algas na sua piscina

Por muito que tente prevenir o aparecimento de algas na sua piscina, por vezes acontece. E quando acontece, é preciso ter um plano. Quando perceber que necessita de um algicida para eliminar as algas da piscina, considere os seguintes fatores antes de começar o tratamento:

Qual a quantidade de algas existente?

Quando se trata de eliminar algas, a dosagem é muito importante. Se não tiver ideia da quantidade de algas que tem na sua piscina e se as tratar de forma aleatória, pode não servir de muito. Para usar corretamente um algicida, deve primeiro determinar a quantidade de algas existentes, e depois seguir as instruções presentes na embalagem. Por outras palavras, trate este problema com base, especificamente na quantidade de algas existentes para que realmente as consiga eliminar.

Há quanto tempo tem algas na piscina?

Quanto mais cedo conseguir detetar as algas e tratá-las, melhor. Pois é mais difícil tratar algas que já estão na sua piscina há muito tempo. Esteja atento ao aparecimento de algas sempre que faz manutenção à piscina, e quando as detetar, trate-as de imediato.

Como está o tempo?

O tratamento de algas é mais eficaz quando estas estão com o crescimento mais ativo, e isso acontece em dias de sol e com a temperatura da água mais quente. Se estiver um dia de sol, verifique a temperatura da água, e se estiver pelo menos a 15 graus, é o momento certo para tratar das algas.

Que tipo de algas são?

Já conhece os vários tipos de algas. Mas sabia que cada uma se trata de forma diferente? Aqui está um guia rápido que lhe mostra como tratar cada tipo de algas.

Como tratar as algas verdes

As algas verdes são as mais comuns de se encontrar em piscinas. E têm um crescimento muito rápido: qualquer falta de higienização na sua piscina pode conduzir à formação de algas verdes. E uma vez iniciada esta formação, pode rapidamente infestar a sua piscina. As chuvas fortes são uma das causas para o aparecimento de algas verdes na sua piscina. Depois de uma chuva intensa, as algas verdes podem aparecer de repente, apesar de no dia anterior a água ter estado cristalina. Isto porque a chuva contém azoto que alimenta as algas e destrói o cloro.

Sabia que...?
Os metais, como o cobre, também podem dar à água da sua piscina uma tonalidade verde. É importante que não confunda algas verdes com metais. 

Quando o objetivo é tratar algas verdes, a sua melhor aposta é a prevenção. A utilização regular de um bom algicida vai prevenir o crescimento de algas verdes, mesmo em caso de chuvas fortes ou eventuais erros de manutenção. Lembre-se, é muito mais fácil prevenir o crescimento de algas verdes do que tratá-las.

Mas se encontrar algas verdes na sua piscina, não espere para as tratar. Em vez disso, use um algicida que elimine as algas existentes e que também previna o seu crescimento. Não se esqueça de seguir as instruções presentes na embalagem e certifique-se que a sua piscina tem uma circulação de água adequada.

Como tratar as algas mostarda

Saberá pela sua cor, se a sua piscina tem algas mostarda ou amarelas, uma vez que este tipo de algas são deficientes em clorofila (que é um pigmento verde). Também conseguirá distinguir este tipo de algas devido à facilidade com que se escovam das paredes e do fundo da piscina. E embora as algas mostarda ou amarelas cresçam mais lentamente do que as verdes, não são fáceis de eliminar. 
 
O problema é o seguinte: quando der por este tipo de algas a crescer na sua piscina, é porque provavelmente já lá estão há várias semanas. E porque estas algas vivem em locais escuros da sua piscina, como os filtros e as canalizações, podem ser difíceis de ver e controlar.

Se precisar de tratar algas mostarda ou amarelas, é importante utilizar um algicida especificamente formulado para tratar esta espécie - um algicida à base de cobre é o mais 
recomendado. Mas como este tipo de algas é tão difícil de controlar, poderá ter de as tratar mais do que uma vez para realmente as eliminar.

Como tratar as algas negras

Se pensava que as algas mostarda ou amarelas eram difíceis de controlar..., as algas negras são piores. Estas são consideradas as mais difíceis de eliminar. Isto porque têm capacidade de se protegerem contra os seus esforços para as eliminar, desenvolvendo células especializadas que penetram profundamente nos poros da superfície da sua piscina, nem mesmo o cloro consegue penetrar nestes poros mais profundos. Mais ainda, as algas negras também formam uma camada cerosa exterior que impede a penetração de cloro e até mesmo dos algicidas.

Por isso é tão importante evitar que as algas negras cresçam na sua piscina com um algicida especificamente concebido para o efeito.

Compre um algicida com um agente penetrante, porque se não eliminar todas as suas células, as algas negras voltam a crescer. O agente penetrante do algicida chega a camadas mais profundas da superfície da sua piscina e consegue passar a camada cerosa, o que não é possível com o cloro.

Necessita também de estar atento à circulação da água na sua piscina, e corrigir as áreas onde essa circulação não seja eficiente. Nessas áreas o tratamento da sua piscina não chega com eficácia, e é exatamente aí que as algas negras prospera.

Para controlar as algas negras na sua piscina, siga estes passos:

  • Se houver circulação inadequada, corrija.
  • Utilizando uma escova de piscina, limpe as algas para quebrar o revestimento ceroso que as protege. Não salte este procedimento!
  • Adicione um algicida especificamente formulado para as algas negras
  • Limpe as algas diariamente. Isto irá remover quaisquer células mortas da superfície e expor a camada ativa inferior, o que permitirá que o algicida as elimine.

Não se esqueça que um profissional de piscinas é a melhor solução para o ajudar no tratamento de algas na sua piscina. Se não tiver a certeza de como tratar uma infestação, não deixe de o chamar para um aconselhamento profissional. 

Produtos relacionados

  • pooleasy

    Bombas Doseadoras

    Regula o pH e o cloro em piscinas privadas.

  • game-verte

    Produtos Quimicos Acti

    Gama completa para todas as necessidades:

  • zenit-z3i

    Robôs Electricos "Z" by Maytronics

    Série "Z" compacta e económica. A garantia do fabricante "Maytronics".

Dicas relacionadas

  • Abrindo a sua piscina: Um guia fácil de seguir

    Manter

    Abrindo a sua piscina: Um guia fácil de seguir

    Quando a primavera está finalmente aqui e as temperaturas começam a subir, é hora de pensar em preparar a área da piscina para o clima quente. Abrir uma piscina é agora mais fácil do que nunca e com alguns passos simples, você pode estar pronto para desfrutar da sua piscina em pouco tempo!

  • Bombas de velocidade variável para uma piscina energeticamente eficiente

    Melhorar

    Bombas de velocidade variável para uma piscina energeticamente eficiente

    As bombas de velocidade variável são as mais recentes inovações na tecnologia de equipamentos para piscinas - mas são a escolha certa para a sua piscina? As vantagens destas bombas ecológicas compensam o seu preço ligeiramente mais elevado?

  • Como limpar a sua água verde?

    Manter

    Como limpar a sua água verde?

    Apesar das ações corretas que realizou à sua piscina durante o inverno, você ainda pode encontrar água verde na primavera. Não entre em pânico, depois de alguns gestos, a sua água recuperará a sua cor inicial.

Pool PT
Contacto